ANDANDO NO ESPÍRITO

ANDANDO NO ESPÍRITO

O Espírito Santo foi enviado por Jesus para ser o guia constante e infalível de todos aqueles que confessam a Jesus Cristo como Senhor e Salvador. Ele reivindica morada na vida desses que pertencem Cristo, e neles habita de forma pessoal e poderosa, ora exortando, ora consolando, confrontando, ensinando e distribuindo dons e capacitações.

Ao falar sobre a ação do Espírito Santo, o apóstolo Paulo ordenou o seguinte em Gálatas 5.16: “Digo, porém: andai no Espírito e jamais satisfareis os desejos fortes da carne.” O verbo “andar” significa “caminhar”, “seguir um curso”, “regular a vida”. Assim, “andar no Espírito” é conduzir a vida segundo as normas do Espírito. E o resultado direto é que os desejos e vontades da carne não serão satisfeitos.

“Carne” é um termo usado na Bíblia para referir a natureza terrena do ser humano que está em oposição direta a Deus e propensa a fazer tudo que O desagrada e O desonra.

A carne tem uma vontade própria e age conforme lhe convém. Faz tudo o que deseja e escolhe fazer. Suas escolhas nunca levam em conta o querer de Deus. Por causa disso Paulo diz em Romanos 8.8: “quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus.”

E é fácil saber se alguém está na carne. Paulo define esse perfil em Galátas 5.19-20: “Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes…”

“Andar no Espírito” é justamente o oposto a “andar na carne”. Os que “andam no Espírito” rendem sua vontade a Ele e deseja que o governo de Cristo se instaure completamente em sua vida para viver de forma a agradar a Deus numa vida séria, pura e santa.

Alguém que “anda no Espírito” desejará fazer da oração de Agostinho a sua própria: “Respire em mim, ó Espírito Santo. Que os meus pensamentos possam ser santo. Age em mim, ó Espírito Santo. Que todas as minhas atividades sejam santas. Desenhe no meu coração, ó Espírito Santo, tudo o que é amor e tudo o que é santo. Fortalece-me, ó Espírito Santo, para defender tudo o que é santo. Proteja-me, ó Espírito Santo, para que eu seja santo.”

Quando você compreende que “andar no Espírito” é a forma normal do viver cristão, você para de centrar nos desejos e práticas do pecado. Agradar a Deus será seu alvo único de vida e fazer Sua vontade será seu lema.

Entenda: a voz da carne lhe chama ao pecado. A voz do Espírito lhe chama a Deus.