A SEGUNDA CHANCE

A SEGUNDA CHANCE

A história dos reis de Israel e Judá sempre começa pela frase: “fez o que era bom aos olhos do Senhor”, ou “fez o que era mau diante dos olhos do Senhor.”

Alguns reis foram fiéis a Deus e foram honrados, outros preferiram seguir seus próprios caminhos e foram reprovados por Ele. Os reprovados dificilmente tiveram uma segunda chance, mas o rei Manassés, filho de Ezequias, a teve e se consertou diante de Deus.

Manassés começou a reinar com doze anos de idade e reinou em Jerusalém por cinquenta e cinco anos. Ele fez o que era mau aos olhos do Senhor, com um agravante a mais: ele abusou do mau que praticava.

Tudo o que não prestava era praticado por Manassés. Ele se dedicou inclusive a magia , as adivinhações e foi até ao extremo de praticar sacrifício humano aos deuses estranhos. Em 2 Crônicas 33.6 lemos: “Fez ele também passar seus filhos pelo fogo no vale do filho de Hinom, e usou de adivinhações e de agouros, e de feitiçarias, e consultou adivinhos e encantadores, e fez muitíssimo mal aos olhos do SENHOR, para o provocar à ira.” Manassés é o único rei da Bíblia que mereceu a repetição superlativa de ter feito o que era “muitíssimo” mal aos olhos do Senhor.

Por andar extremamente longe do Senhor, Manassés recebeu um severo cativo: ele foi humilhado, preso e deportado do seu reino em Judá tornando-se cativo na Babilônia. Ao ver o tremendo amargor de sua vida no cativeiro, ali o rei Manassés mudou de atitude. Ele se arrependeu profundamente diante de Deus de suas atitudes, de todo o mal que havia praticado e fez uma sincera oração. O texto bíblico diz 2 Crônicas 33:12: “E ele, angustiado, orou deveras ao SENHOR seu Deus, e humilhou-se muito perante o Deus de seus pais.”  Deus ouviu sua oração e o restaurou totalmente sua vida e seu reino. Ele voltou a Jerusalém e reconheceu que só o Senhor é Deus. Depois de espiritualmente restaurado, Manassés ordenou a Judá servisse ao Senhor Deus de Israel. Deus lhe deu uma nova chance, e ele não a desprezou.

A mudança de atitude é sempre o que Deus quer ver. Quando o coração se mantém humilde diante dEle, independentemente do tamanho do pecado, Ele perdoa e dá a segunda chance. Por que o Senhor faz isso? Porque Ele é misericordioso e compassivo. Deus não resiste a um coração sincero e arrependido.

Hoje, qualquer que seja tipo de vida que você esteja vivendo, e colhendo as consequências de seu pecado contra Deus, há uma só solução: voltar humildemente para Deus como Manassés fez. E quando você faz isso, Deus estará pronto para lhe dar a segunda chance.

Aproveite a dor advinda de seus erros e pecados para se aproximar humildemente de Deus. Ele lhe ouvirá. Mas lembre-se: hoje Ele lhe oferece a segunda chance; talvez nunca mais haverá a próxima.