AMANDO AS PESSOAS

AMANDO AS PESSOAS

Falamos sobre o amor, lemos sobre o amor, ouvimos sobre o amor, cantamos sobre o amor e na verdade estamos amando pouco. Estamos naturalmente focados cada vez mais em nós e cada vez menos no outro.

A Bíblia fala muito sobre o amor. Por exemplo em 1 João 4.7 lemos: “Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.”

João deixa claro no texto que como o amor tem sua origem em Deus, todos aqueles que são seus filhos devem amar porque fazendo assim há uma evidência de real filiação e conhecimento de Deus.

O amor na Bíblia não é definido no campo da emoção, antes ele é uma decisão no coração que conduz a uma AÇÃO ABNEGADA. O amor na Bíblia sempre foca o outro; no fazer algo sem receber nada em troca; no agir e no cuidar de alguém. O amor bíblico não revida e não tira, ele doa. Nunca está em busca receber nada e sempre dá de forma incondicional.

Se esse amor fosse praticado muitas coisas mudariam: a taxa de divórcio cairia significativamente; os relacionamentos seriam mais sólidos e saudáveis; a corrupção, a desonestidade, o egoísmo, a mentira, a hipocrisia e o dolo cairiam a patamares mínimos.

Você poderia dizer: Mas esse amor é muito difícil! Não, não é; ele é IMPOSSÍVEL. Não há ninguém capaz de criá-lo. Ele é somente gerado e doado por Deus para todos crêem em Seu Filho Jesus. Em Romanos 5.5 lemos: “…porque Deus derramou seu amor em nossos corações, por meio do Espírito Santo que ele nos concedeu.” Esse amor está em Deus e é dado por Ele através da fé em Jesus. O amor é expressado na força e no poder do Espírito Santo. É o triúno Deus que energiza e capacita a viver e praticar esse amor.

Agostinho afirmou: “Com o que o amor parece? Ele tem mãos para ajudar os outros. Ele tem pés para se apressar para os pobres e necessitados. Ele tem olhos para ver a miséria. Ele tem ouvidos para ouvir os suspiros e as tristezas dos homens. Isso é o que o amor parece.” Agostinho continua dizendo: “Quando o amor cresce dentro de você, então a beleza cresce. Por isso ame, e faça o que quiser.”

C.S.Lewis foi bem prático ao dizer: “Não perca tempo se incomodando se você ama ao seu próximo; vá e faça algo por ele.”

Sem o amor de Deus na vida é impossível amar. E amar alguém significa apenas ver a pessoa da mesma forma que Deus a vê.

Aprende-se amar, amando.