O ADULTÉRIO

O ADULTÉRIO

Pesquisas apontam que 57% dos homens e 54% das mulheres admitem ter cometido infidelidade conjugal; ter adulterado. Uma outra pesquisa afirma que 74% dos homens e 68 % das mulheres teriam um caso se soubessem que nunca seriam pegos.

Em Êxodo 20.14 Deus ordena claramente: “Não adulterarás.” Adultério é pecado! Adultério é a relação sexual ilícita entre pessoas casadas ou não. O adultério destrói a primeira instituição divina: o casamento.

Segundo Jesus em Mateus 5.28 o adultério começa no coração: “…Qualquer que olhar para uma mulher para desejá-la, já cometeu adultério com ela no seu coração.” Ele também afirmou em Mateus 15.19: “Porque do coração procedem as más intenções, assassinato, adultério…” Assim, o adultério é mais que o ato físico. Ele ocorre na mente e pode ser alimentado por pensamentos lascivos, revistas, filmes, sites pornográficos etc.

O adultério é um pecado direto contra o cônjuge e contra Deus. Ele é um ataque a santidade do casamento. Deus providenciou graciosamente que os desejos sexuais de homens e mulheres devem ser preenchidos apenas no casamento, e se engajar em sexo pré-marital ou extra-marital, antes ou fora do casamento é pecado aos Seus olhos. E é importante saber que Ele lida com muita seriedade com os adúlteros. Em Hebreus 13.4 lemos: “ O casamento deve ser honrado por todos; o leito conjugal, conservado puro; pois Deus julgará os imorais e os adúlteros.”

Devido a nossa pecaminosidade é importante lembrar que ninguém está imune ao adultério. A única forma de livrar-nos de qualquer pecado moral é: 1) Purificar diariamente o coração diante de Deus. Se permitirmos que o pecado alongue em nossas mentes em breve ele obterá raízes profundas. 2) Pedindo por Seu auxílio. É preciso orar: “Senhor, ajuda-me, livra-me e guarda-me. 3) Fugir de todas as situações tentadoras. José não adulterou porque fugiu (Gênesis 39.9). Davi adulterou porque não fugiu (2 Samuel 11).

Por sua bendita graça, Deus perdoa qualquer pecado, dentre eles o pecado de adultério. Davi quando confrontado pelo profeta Natã percebeu o quanto havia pecado contra Deus. Ele se arrependeu, pediu perdão e foi perdoado. O Salmo 51 é o relato de seu profundo arrependimento.

Hoje e agora, o mesmo Deus oferece o mesmo perdão. Jesus morreu na cruz e pagou o preço por todo o pecado, dentre eles o de adultério. Nenhum pecado é grande que não possa ser perdoado por Deus.

Quando se coloca a fé em nEle, confessando e arrependendo-se do pecado, Deus perdoa, tira a culpa, a vergonha, e renova a vida e o futuro.

Só em Cristo há esperança para todos os pecados. Só em Cristo há esperança para o pecador. Só em Cristo!