SER CRISTÃO

SER CRISTÃO

Jesus afirmou em Mateus 5.14,17: “Vós sois o sal da terra…vós sois a luz do mundo.”

Cristãos e não-cristãos são marcados especificamente pelas diferenças. Suas crenças, estilo de vida, a visão do mundo, das pessoas, dos padrões sociais, os pensamentos, os desejos, os interesses, os conceitos de Deus, as questões do presente e do futuro, são extremamente diferentes e irreconciliáveis.

Os cristãos crêem claramente em Jesus como o Senhor e Salvador. Eles não colocam outra pessoa como mediador entre Deus e o homem, conforme Atos 4.12; é só Jesus! Ele é Deus que se tornou homem, viveu uma vida sem pecado, foi a cruz e pagou o preço pelo pecado, foi sepultado, ao terceiro dia ressuscitou dentre mortos, subiu aos céus e voltará. 

Os cristãos também tem a Bíblia como sua autoridade. Eles a lêem , a estudam, a memorizam, a pregam, a ensinam e a praticam. Os cristãos não abandonam suas convicções nas verdades da Bíblia por causa da relevância do homem, da mudança cultural ou da”evolução social”.
Os cristãos crêem no arrependimento dos pecados, porque entendem que são pecadores perante de Deus e reconhecem que nada pode purificá-los senão o próprio Deus. E Ele o faz a todos os que se achegam a Ele, nos méritos de Jesus.

Os cristãos estão conscientes de que não são melhores que ninguém. Eles são mendigos que acharam o pão e querem levar a outros mendigos para que tenham sua fome espiritual saciada. Eles reconhecem que por terem sidos alcançados por Jesus, sentem a responsabilidade de dizer e proclamar a outros quem é Ele e o que Ele faz. 

Assim, ser cristão não significa pertencer a cristandade, antes é decidir viver a vida de Jesus e assumir sua diferença nesse mundo. Ser cristão, conforme o próprio Senhor Jesus, é ser “sal da terra” e “luz” do mundo.

Você é realmente um seguidor de Jesus? Você é um verdadeiro cristão?