AS LIÇÕES DO FRACASSO

AS LIÇÕES DO FRACASSO

Em Marcos 14.29-31 lemos: Pedro declarou: “Ainda que todos te abandonem, eu não te abandonarei! Respondeu Jesus: “Asseguro-lhe que ainda hoje, esta noite, antes que duas vezes cante o galo, três vezes você me negará”. Mas Pedro insistia ainda mais: “Mesmo que seja preciso que eu morra contigo, nunca te negarei”. E todos os outros disseram o mesmo.

Pedro está autoconfiante. Ele acredita que de forma alguma Ele nunca abandonará a Jesus. Ele crê em si. Mas ele conseguiu manter suas palavras? Em Lucas 22.56-61 lemos: “Uma criada o viu sentado ali à luz do fogo. Olhou fixamente para ele e disse: “Este homem estava com ele”. Mas ele negou: “Mulher, não o conheço”. Pouco depois, um homem o viu e disse: “Você também é um deles”. “Homem, não sou! “, respondeu Pedro. Cerca de uma hora mais tarde, outro afirmou: “Certamente este homem estava com ele, pois é galileu”. Pedro respondeu: “Homem, não sei do que você está falando! ” Falava ele ainda, quando o galo cantou. O Senhor voltou-se e olhou diretamente para Pedro. Então Pedro se lembrou da palavra que o Senhor lhe tinha dito: “Antes que o galo cante hoje, você me negará três vezes”. Saindo dali, chorou amargamente.”

Há algumas verdades nesse episódio de Jesus com Pedro que devemos aprender. A primeira verdade é que precisamos estar cientes de que as palavras de Jesus são sempre verdadeiras e nos alertam sobre nossa real situação. O que Ele disse que aconteceria a Pedro, realmente aconteceu. Não as palavras de Jesus é sempre abraçar o fracasso.

A segunda verdade é que há sempre um perigo quando confiamos em nós mesmos. Em Jeremias 17.5 lemos: “Maldito é o homem que confia nos homens, que faz da humanidade mortal a sua força, mas cujo coração se afasta do Senhor.” Pedro confiou mais em si do que no que Jesus estava dizendo. O autoconfiança, alimentada pelo orgulho, nos leva ao fracasso. Paulo nos ensina em 1 Coríntios 10.12: “Assim, aquele que julga estar firme, cuide-se para que não caia!

A terceira verdade é que o fracasso não é o fim de tudo. Pedro naquela noite “chorou amargamente.” Ele viu o peso de seu fracasso. Ele sentiu a sua derrota. Era é um choro de um fracassado, mas também é um choro de arrependimento. Mas Jesus não abandonou a Pedro. Em João 21.15-17 após fazer por três vezes a mesma pergunta, se o Pedro o amava, e ouvir sua resposta, Jesus disse a ele: “cuide das minhas ovelhas.” Jesus naquele dia recuperou a Pedro. E por que Ele fez isso? Porque Jesus sabe que o fracasso total é apenas para quem insiste no erro. Os arrependidos sempre alcançarão misericórdia, graça e bondade de Deus. Eles serão totalmente restaurados.

Robert E Lee afirmou: “Todos falhamos. Mas na boa providência de Deus, o aparente fracasso pode muitas vezes torna-se uma benção.”

Para que as verdades de Deus cresçam forte em nossas vidas, precisamos aprender bem as lições que o fracasso nos ensina.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s