A CONFISSÃO DOS PECADOS

A CONFISSÃO DOS PECADOS

Na Bíblia, a palavra “pecado” sugere a ideia de “errar o alvo”, “desviar-se do rumo”, “fracassar” ou “transgredir”. “Pecado” indica que alguém errou propositadamente o alvo. Não trata de uma ideia passiva do erro, mas uma ação intencional. Na prática, “pecado” é uma ativa oposição a Deus e uma transgressão à Suas leis.

O pecado teve seu início com Lúcifer, provavelmente o mais belo e poderoso dos anjos. Não contente com sua posição, ele queria ser igual a Deus, o que ocasionou a sua queda. O profeta Isaías conta os detalhes dessa queda no capítulo 14.12-15.

Renomeado depois de “Satanás” (“Adversário” de Deus e tudo o que provém dEle), esse induziu o pecado à raça humana no Jardim do Éden, onde tentou Adão e Eva, os pais da raça humana. Gênesis 3 descreve com detalhes o episódio da tentação, onde Adão e Eva deliberadamente transgrediram rebeldemente a ordem de Deus, desobedecendo-O e assim pecando; “errando o alvo”.

Desde aquela época, o pecado tem sido passado através de todas as gerações da humanidade. E todos nós, sem exceção, descendentes de Adão, herdamos dele a natureza pecaminosa e a prática desenfreada do pecado.

Romanos 5:12 nos diz que através de Adão o pecado entrou no mundo e, assim também a morte passou a todos os homens, porque “todos pecaram”. A morte é a consequência direta da realidade da entrada do pecado no mundo. Em Romanos 6.23, Paulo afirma que o “salário do pecado é a morte.”

O pecado sempre é diretamente contra Deus e por isso precisa ser tratado diretamente com Ele. Esse “tratar o pecado” é feito por meio da confissão. Confessar significa “concordar”; concordar com Deus sobre o pecado cometido contra Ele. O apóstolo João diz em 1 João 1.9: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.”

Deus perdoa qualquer pecado! Ele faz isso somente aos que confessam seus pecados a Ele. Deus perdoa o pecado confessado não pelo mérito pessoal do confessante, mas por causa dos méritos de Jesus Cristo na cruz do Calvário.

Por causa da morte sacrificial de Jesus na cruz, Deus é “fiel e justo” a essa obra, e Ele perdoa e purifica de “toda” injustiça a todos os que se achegam a Ele arrependidos dos pecados. Todos, sem exceção, que se achegam a Deus nos méritos de Jesus recebem o completo perdão de todo e qualquer pecado.

Você já reconheceu e confessou seus pecados diante de Deus? Você já reconheceu que Jesus Cristo morreu para salva-lo e liberta-lo de todos os seus pecados? Se não o fez, o dia é hoje e a hora é agora!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s