LIDANDO COM ERROS DO PASSADO

LIDANDO COM ERROS DO PASSADO

Todos, sem exceção, erramos no passado. Todos fizemos escolhas estúpidas e loucas. Todos falamos coisas que machucaram pessoas e de alguma forma nos arrependemos por isso. 

Não são poucas as pessoas que devido a erros do passado vivem o hoje e o agora através do “se”: “Se eu não tivesse agido daquele jeito…”, “se eu não tivesse feito aquilo…”, “se eu pudesse voltar ao passado e apagá-lo…”, “se eu apenas tivesse escutado…” 

É certo que muitos de nós semeamos coisas no passado que estamos colhendo hoje. Precisamos lidar de alguma forma com atitudes do passado que nos atormentam, mas os erros não são o fim da vida. É preciso apenas lidar corretamente com os erros passados. 

Lidar com o passado é mais do que simplesmente dizer: “ninguém é perfeito”. É mais do que racionalizar e dizer: “todo mundo faz isso”. É mais do que usar a tática de insistir em culpar os outros pelos nossos problemas. É mais do que se jogar numa cama e dizer-se doente para que as pessoas tenham pena e dó. É mais do que se deixar ser atormentado pela culpa, criando meios para se autopunir. É preciso realmente usar as estratégias certas para lidar com os erros do passado. As estratégias certas são apresentadas pelo próprio Deus. 

O primeiro passo para lidar com o passado errado é admitir a culpa. É dizer para Deus: “eu errei Senhor, me perdoe”. É dizer para os envolvidos: “eu errei, me perdoe”. Dizer algo exige uma nova postura diante do problema; uma nova atitude. Exige um coração humilde. A promessa da Bíblia para os que admitem seus erros está em Provérbios 28.13: “O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia.” Você não pode mudar os erros de seu passado, mas pode humildemente admitir que errou diante de Deus e das pessoas. 

O segundo passo é aceitar o perdão de Deus em Cristo. Paulo afirmou em Romanos 8.1: “Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.” Pecados confessados a Deus, sejam quais e quantos forem serão perdoados. A vida daquele que confessa seus pecados é “zerada” diante de Deus. Deus sempre recebe o quebrantado e o arrependido. A Bíblia revela Deus como terno, compassivo e perdoador para todos os arrependidos. 

Ao admitir os erros diante de Deus e aceitar o seu perdão em Cristo, o terceiro passo é não andar mais com os olhos no passado, mas fixá-los no hoje e no amanhã. É preciso esquecer o que passou. “Esquecer” significa não trazer para a vida aquilo que já foi confessado a Deus e perdoado por Ele. O projeto agora de vida é viver o presente e o futuro diante das novas oportunidades que Deus concederá. Aos que se achegam a Deus para tratar os erros de seu passado, Ele mesmo promete pelo profeta em Isaías 43.18,19: “Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis que faço coisa nova, que está saindo à luz; porventura, não o percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.”

Por que você não aproveita esse momento e trate agora, de forma correta, os erros do seu passado com Deus? Ao fazer isso, uma nova vida lhe espera.