RELACIONANDO-SE COM PESSOAS DIFÍCEIS

RELACIONANDO-SE COM PESSOAS DIFÍCEIS

Todos conhecemos pessoas que são “difíceis”. Uma pessoa pode ser difícil por ser intransigente, argumentativa, briguenta, egoísta, irreverente, superficial, desagradável, rude e muito mais. Elas parecem saber como “apertar os botões” e agitar os problemas. Pessoas difíceis cansam, e é preciso aprender a lidar com elas.

Jesus seguramente lidou com muitas pessoas difíceis durante Seu tempo aqui na terra. Em Seus relacionamentos com elas, Ele nunca exibiu uma atitude dura, de superioridade, de orgulho ou de desprezo a elas. O Senhor Jesus reagiu sábia e amorosamente para com todas elas. Ele, por exemplo, usou a repreensão quando necessário. Em João 8.47 Ele repreendeu seus opositores, dizendo: “Quem é de Deus ouve as palavras de Deus; por isso, não me dais ouvidos, porque não sois de Deus.” Em João 8.6, quando questionado sobre uma mulher pega em adultério, Jesus usou outra tática: o silêncio. O texto diz: “Isto diziam eles tentando-o, para terem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, escrevia na terra com o dedo.” Em Marcos 10.3 quando questionado sobre o divórcio, Jesus somente apontou para as Escrituras, dizendo: “Que vos ordenou Moisés?” E ainda em Marcos 11.29,30, quando questionado sobre Sua autoridade, Jesus apenas fez uma pergunta: “Eu vos farei uma pergunta; respondei-me, e eu vos direi com que autoridade faço estas coisas. O batismo de João era do céu ou dos homens? Respondei.”

Jesus além de dar seu exemplo de como se relacionar com pessoas difíceis, Ele foi mais longe e ensinou a importância de ser humilde e amáveis com elas. Em Lucas 6.27-31, Ele afirmou: “Digo-vos, porém, a vós outros que me ouvis: amai os vossos inimigos, fazei o bem aos que vos odeiam; bendizei aos que vos maldizem, orai pelos que vos caluniam. Ao que te bate numa face, oferece-lhe também a outra; e, ao que tirar a tua capa, deixa-o levar também a túnica; dá a todo o que te pede; e, se alguém levar o que é teu, não entres em demanda. Como quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles.”

Em Romanos 12.18-21, Paulo também ensinou a forma prática e sábia para se relacionar com pessoas difíceis. Ele diz: “Se possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens; não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira; porque está escrito: A mim pertence a vingança; eu é que retribuirei, diz o Senhor. Pelo contrário, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porque, fazendo isto, amontoarás brasas vivas sobre a sua cabeça. Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.”

Pessoas difíceis são inevitáveis. O que fará a diferença é a forma como você reagirá a elas. Se você reagir a elas impulsivamente, você terá grandes problemas, mas se você reagir com base nos exemplos e ensinos do Senhor Jesus e nos conselhos de Paulo, você não só colherá bons frutos em sua vida, como evitará que você também se torne uma pessoa difícil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s