OUVIR E PRATICAR

OUVIR E PRATICAR

Jesus afirmou em Mateus 7.24-27: “Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína.”

Essas são as últimas palavras de Jesus no “Sermão do Monte”. Esse é o seu último desafio. A conclusão de Jesus é: “você realmente é meu seguidor se você OUVIR as verdades e as PRATICAR.”

Para Jesus não interessa se você é um bom ouvinte das coisas de Deus. O que interessa é o que você pratica, observa e obedece daquilo que ouve. Essa verdade é estampada no Novo Testamento. O apóstolo João escreveu em 1 João 2.4: “Aquele que diz: Eu o conheço e não guarda os seus mandamentos é mentiroso, e nele não está a verdade.” Tiago também afirmou em Tiago 1.22: “Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.”

Jesus ilustra a vida espiritual como a construção de uma casa. A casa pode ser bonita e ornamentada, mas se ela tiver sido construída num alicerce errado, ela ruirá quando a tempestade bater, trazendo assim desperdício de recursos e tempo.

Assim é importante perguntar: em que alicerce estou construindo minha vida espiritual? Sou apenas um bom ouvinte ou um praticante do que ouço? Jesus e suas verdades são o único alicerce onde você pode e deve solidificar sua vida.

Jesus finaliza sua mensagem dizendo que se você não colocar em prática o que ouviu, não adianta nada. Você não ganha nenhum mérito espiritual com Ele porque gosta de ouvir Suas verdades. Ele ordena que você O obedeça. A obediência demonstra para você, para Ele e para o mundo que você é Seu verdadeiro e leal discípulo.

Ricardo Barbosa observou: “Nosso problema com o Sermão do Monte é mais com aquele que ensina do que com o ensino em si. Confiamos neste Senhor? Cremos que ele é bom? Estamos seguros de que ele realmente sabe o que necessitamos? Se não confiamos nele, vamos achar suas palavras bonitas de se ouvir e boas para se falar – mas não reais para se viver…”

Decida confiar sua vida a Jesus Cristo, o Senhor dos Senhores, o Rei dos Reis. Ele é a rocha, o fundamento, o alicerce seguro que você precisa e busca para lidar com as fortes e perigosas tempestades de hoje e da eternidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s