“SE O SENHOR QUISER”

“SE O SENHOR QUISER”

A natureza humana possui a tendência em planejar a vida e confiar no seu próprio potencial, desconsiderando Deus e Sua perfeita e amorosa vontade. O mundo atual tem um nome para tudo isso: “O desenvolvimento do potencial humano”. 

Na verdade, o “potencial humano” é a nova onda, onde o centro de tudo é o homem; onde a ênfase é o “eu” e o “meu”. O alvo final dessa ideologia visa afirmar que o homem tudo é e tudo pode.

O “potencial humano” diz que o mais importante na vida é ser efetivo, obter conquistas (profissionais, status social, financeiros, etc.), ter e desfrutar de oportunidades. Pessoas captadas pelo potencial humano acreditam que são, podem e que ninguém lhes poderá impedir. 

Tudo isso é muito estranho quando diante da profunda advertência em Tiago 4.13-15 que diz o seguinte: “Atendei, agora, vocês que dizem: Hoje ou amanhã, iremos para a cidade tal, e lá passaremos um ano, e negociaremos, e teremos lucros. Vocês não sabem o que sucederá amanhã. Que é a vida de vocês? Vocês são apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa. Em vez disso, vocês deviam dizer: Se o Senhor quiser, não só viveremos, como também faremos isto ou aquilo.”

Tiago nos diz que já há 2000 anos atrás as pessoas estavam focando em seu potencial e agindo de forma empreendedora sem buscar a Deus e Sua vontade quanto à vida.

O texto aponta para decisões calculistas: “Hoje ou amanhã iremos para esta ou aquela cidade, passaremos um ano ali…” O texto também aponta para decisões materialistas: “faremos negócios e ganharemos dinheiro.”

O texto também mostra dois grandes problemas. O primeiro é que não se pode controlar o futuro. O texto diz: “Vocês não sabem o que sucederá amanhã…” Nada sabemos sobre o amanhã. Ninguém tem controle de nada.

O segundo problema é que a vida é muito frágil e passageira: “O que é a vida de vocês? Vocês são apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa.” Jesus declarou a fragilidade humana ao afirmar em Mateus 6.27: “Qual de vocês, por ansioso que esteja, pode acrescentar uns 46 centímetros ao curso da sua vida?”

Que potencial o homem tem quando vê seus planos irem embora sejam por má administração, erros estratégicos ou pela maldade de uma outra pessoa? Que potencial o homem tem quando se depara com a saúde debilitada, com um acidente inesperado ou com a morte? Somos incapazes e extremamente frágeis; isso nos chocam como seres humanos. E o que fazer?

Tiago afirma no versículo 15: “Ao invés disso vocês deveriam dizer: ‘Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo.” A resposta à incapacidade e à fragilidade humana é buscar a Deus e Sua plena vontade e humildemente dizer: “SE O SENHOR QUISER”.

O que diferencia os seres humanos é como eles interpretam Deus em suas vidas. Aqueles que creem na finitude humana e rendem-se à soberania, poder, majestade e grandeza de Deus, equalizam a vida. Nabucodonosor, o governante mais importante do mundo de cerca de três milênios atrás, afirmou sobre Deus o seguinte: “…segundo a sua vontade, ele opera com o exército do céu e os moradores da terra; não há quem possa lhe deter a mão, nem lhe dizer: Que fazes?” (Daniel 4.35).

A verdade é bem simples: ou nos rendemos à “boa, agradável e perfeita vontade de Deus”, ou Deus mesmo nos entrega à nossa própria vontade. Ou insistimos na vaidade do “potencial humano”, ou nos alegramos em dizer: “se o Senhor quiser”.

A escolha definirá a forma como lidaremos com a vida hoje e seus resultados na eternidade.

2 comentários em ““SE O SENHOR QUISER”

  1. Bom dia, a paz do nosso bondoso e senhor Jesus Cristo.
    Temos gostado muito desses estudos e devocionais que a igreja Cristã através do pastor Roberto Amorin tem trazido a sua igreja e simpatizantes. Louvo a Deus pela vida do Pastor e de sua família por esse trabalho. Fazendo a devocional no estudo ” Se o Senhor Quiser” fiquei a refletir sobre nesse parágrafo: A verdade é bem simples: ou nos rendemos à “boa, agradável e perfeita vontade de Deus”, ou Deus mesmo nos entrega à nossa própria vontade. Ou insistimos na vaidade do “potencial humano”, ou nos alegramos em dizer: “se o Senhor quiser”.
    Muitos participam dos cultos, estudos da palavra e até querem para si o que diz a palavra de Deus, mas só naquele momento e quando saem de lá vivem e se acomodam e, deixam de lado tudo que ouviu e prometeu para Deus.Felizes e realizados seríamos se assim observássemos o que Deus diz na sua palavra.
    Que Deus que é rico e misericordioso recompense esse pastor e continue a usá-lo para sua glória Dele. Em Cristo Jesus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s