PEÇA AJUDA A DEUS

PEÇA AJUDA A DEUS

Em Isaías 50.7 o profeta declara: “Mas eu não me sinto envergonhado, pois o SENHOR Deus me ajuda. Por isso, eu fico firme como uma rocha e sei que não serei humilhado.”

O texto não afirma o que estava trazendo vergonha ao profeta, mas o certo é que alguém ou algo estava lhe trazendo constrangimento. Diante do sentimento de vergonha, desprezo e humilhação pública, ao invés dele se consumir de raiva ou ira, ou ainda brigar ou tentar se defender, Isaías buscou ao Senhor e dEle recebeu a ajuda que precisava.

O profeta não fixou sua energia naquilo que lhe causava vergonha e nem na própria vergonha. Ele decidiu pedir ajuda a Deus. Ele decidiu contar a Deus o que se passava e procurar nEle auxílio para sua alma.

Ao agir assim, Isaías se fortaleceu. O profeta decidiu não se fortalecer em si mesmo, ou na expectativa da retirada do problema que o envergonhava. Ele apenas e simplesmente decidiu levar sua causa totalmente a Deus. Ainda que supostamente ele continuava debaixo da humilhação, ele afirmou: “não serei humilhado.”

Infelizmente nossa primeira atitude diante de um problema não é buscar a Deus em oração pedindo sua ajuda, força, orientação e conselho. Diante dos problemas naturalmente abrimos um leque de opções mentais para procurar e dar solução ao problema.

Essa atitude revela o quanto continuamos ainda centrados em nós mesmos, dependendo de nós mesmos e de nossa fútil sabedoria. Insistimos em esgotar primeiramente todos os nossos recursos pessoais para depois, cansados, decidirmos se vamos ou não para Deus.

O centro do problema de nossas vidas é que somos autossuficientes demais. Acreditamos que temos as soluções e respostas para tudo. Lá no fundo acreditamos que há um potencial em nós para resolver tudo. Puro engano! Segundo a Bíblia, essa nossa autossuficiência é que nos impede de ver grandes coisas de Deus.

Precisamos aprender que Deus tem uma grande alegria em trabalhar em nosso favor. Ele tem prazer em fazer algo por nós. Em Isaías 64.4 o profeta afirma: “Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu Deus além de ti, que trabalha para aquele que nele espera.”

Nossa responsabilidade final é nos entregar e esperar nEle. Sobre “esperar em Deus”, o Dr. John Piper escreveu: “Esperar! Isso significa parar e conscientizar-se com sobriedade de nossa incompetência e da completa suficiência de Deus, e buscar conselho e ajuda do Senhor…”

Diante da dor da vergonha, Isaías não se deixou consumir, antes decidiu pedir ajuda de Deus e dEle depender. O profeta aprendeu claramente o que significa as palavras de Jesus em João 15.5: “…sem mim nada podeis fazer…”

Diante dessas verdades, não tema em pedir ajuda a Deus. Não perca seu tempo confiando em si ou em outros. Aprenda e aplique hoje as verdades do Salmo 62.5, que diz: “Somente em Deus, ó minha alma, espera silenciosa, porque dele vem a minha esperança.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s