A FORÇA DA FRAQUEZA

A FORÇA DA FRAQUEZA

O salmista afirmou no Salmo 130.1: “Das profundezas clamo a ti, SENHOR.”

Vivemos no mundo da força. Há um discurso diário que declara: “seja forte”; “não chore”; “enfrente”; “vá adiante”; “você pode”, etc. Mas sinceramente a vida não é feita desse positivismo todo. Há períodos na vida que nos sentimos fracos.

Quando vamos dizer que somos fracos? Quando vamos reconhecer que não dá mais? Quando vamos afirmar que o limite chegou? Quando?

Na Bíblia, as coisas começam a mudar quando as pessoas enxergam suas fraquezas e se achegam a Deus. É impossível viver as facetas da vida sem a convicção da fraqueza e a busca pela orientação, presença, auxílio e ajuda de Deus. Precisamos desesperadamente dEle.

Ao lermos os Salmos aprendemos sobre o poder e a importância da dependência de
Deus. Foi assim que o salmista fez no texto ao dizer: “Das profundezas clamo a ti, SENHOR.” Aprendemos nos Salmos a importância e o lugar da oração, da comunhão e da conversa íntima com Deus. Aprendemos a expor todas as dores, lutas e fraquezas.

Deus sabe nos atrair e nos fazer dependentes dEle. Ele sabe deflagrar nossa fraqueza para que abracemos Sua força. Deus não é Deus dos fortes, Ele só o é dos fracos. É no reconhecimento da fraqueza que vemos o poder de Deus. Ele se manifestará e ajudará apenas os que lhe buscam; os que se alegram em depender dEle e só dEle.

O paradoxo divino é: os fortes sem Deus são fracos; os fracos com Deus, são os fortes.

Quando você se renderá a Deus?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s